BEMED - Por que esterilizar os instrumentais cirúrgicos?
meu carrinho
0 itens
Não há produtos em sua lista.´

Para inserir produtos no seu carrinho, navegue pelos produtos. Ao encontrar o produto desejado, clique em tenho interesse.



R$ 0,00 subtotal:
Atendimento online
Ligamos para você
Autoclave Vitale Inox 12 litros Horizontal 127 ou 220VEstufa para Esterilização e Secagem - Analógica Refratômetro para Salinidade 0-100% Monitor de Pressão Arterial não Invasiva (PANI) PX-200A Destilador Cristófoli
Ligamos para você
Quer facilidade? A BEMED liga para você!



*Campos obrigatórios.

Artigos

Por que esterilizar os instrumentais cirúrgicos?

Por que esterilizar os instrumentais cirúrgicos?

 

 

Durante as práticas cirúrgicas, manter os instrumentos de trabalho sempre esterilizados e desinfetados é fundamental. Para uma correta esterilização de suas vestimentas, instrumentos cirúrgicos e seringas, procedimento rotineiro na vida do profissional.

A esterilização é o processo que buscar eliminar os microrganismos indesejáveis presentes nos instrumentos de trabalho do médico.

Para a destruição dos agentes contaminantes indesejados, a utilização do calor é forma mais tradicional. Separamos três métodos aplicados mais comumente por profissionais da área de medicina.

- Fervura: A água a 100°C é utilizada na prática no preparo de seringas, agulhas e instrumentos para pequenas cirurgias. Este processo não é uma esterilização como na definição do termo. Mata as formas vegetativas dos microrganismos e vírus em 5 minutos. Boa parte dos esporos também são mortos a esta temperatura, mas muitos dos mais resistentes podem sobreviver à fervura por várias horas.

- Vapor sob Pressão ou Autoclave: Os esporos mais resistentes são mortos por uma temperatura de 121°C por 15 minutos. A autoclave, que é um cilindro de metal designado para conter vapor sob pressão, é um dos equipamentos essenciais nos laboratórios de microbiologia e salas de operação.

- Vaporização ou Tindalização: Consiste em envolver a colocação dos meios ou condições em vapor fluente por uma hora a cada três dias sucessivos, pois assim, esperando o tempo entre as aplicações do método, permite os esporos germinarem e serem mortos na próxima exposição.

Fonte: BEMED



Televendas
(31) 3899-8333


Horário de Funcionamento
Segunda à Sexta: 8:00h às 20:50h
Sábado: 8:30h às 12:30h


BEMED Ind. Imp. Com. LTDA
Rua: Padre Serafim, 40B, Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000
CNPJ: 13.197.044/0001-03


Newsletters
Cadastre-se e receba informativos do site.

Rastrear Pedidos
Logo Correios
Rede Sociais


© Copyright 2011 - 2014 BEMED - Vendas